ACESSIBILIDADE | ALTO CONTRASTE | MAPA DO SITE
TAMANHO DA FONTE: A- | A+

NOTÍCIAS Voltar >


Programa Municipal de Controle do Simulídeo - BorrachudoPrograma Municipal de Controle do Simulídeo - Borrachudo

Publicado em 07/06/2018, Por Assessoria de Imprensa

A Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente juntamente com a equipe do Escritório Municipal da EMATER de Coxilha e com o apoio do Executivo e Legislativo Municipal, vem realizando anualmente o controle de infestação do mosquito borrachudo, nas Comunidades do Rio do Peixe, Engenho D’Água, Rincão das Quinas, Arroio de Fátima e Colônia Miranda. O produto TEKNAR HP-D, cujo princípio ativo é o Bacillus thurinngiesis variedade israelenses, foi entregue aos agricultores familiares para uso no controle do borrachudo, no período de novembro de 2017 a fevereiro de 2018. O produto foi aplicado nos córregos e sangas pelos aplicadores de cada comunidade, de acordo com orientações da Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente e da Emater.

Hoje o programa municipal de controle do borrachudo abrange 160 famílias do interior do município de Coxilha, conta com o envolvimento de 60 aplicadores e é 100% subsidiado pela administração municipal, não havendo custos aos agricultores familiares beneficiados pelo programa.

Aproveitamos a oportunidade para divulgar algumas informações que contribuem para a melhor eficiência no controle do borrachudo, sendo necessária atenção especial a estas medidas para que sejam obtidos bons resultados também nas próximas aplicações.

Recomendações importantes:

1. Destinar adequadamente os esgotos domésticos, lixo e dejetos de animais e humanos;

2. A limpeza dos córregos e sangas, retirando lixos, galhos caídos e arbustos que estão próximos da água é de extrema importância para evitar a postura de ovos pela fêmea do mosquito borrachudo;

3. Conservar e reflorestar as margens dos cursos de água, com espécies nativas ou indicadas pelos órgãos ambientais responsáveis;

4. Preservar predadores e competidores do borrachudo;

5. Evitar a caça e a pesca predatória;

6. Evitar o uso indiscriminado de inseticidas de amplo espectro, preservando assim os inimigos naturais;

7. A adequada conservação do solo com palha em superfície reduz a erosão e diminui a quantidade de adubos em cursos hídricos, o que também contribui para o controle do borrachudo.

O controle do borrachudo é um trabalho que por sua natureza e complexidade deverá ser desenvolvido em perfeita integração pelas instituições e o indispensável apoio da comunidade.

Somente com a formação de uma consciência ecológica e com o uso integrado dos métodos de controle poderemos reduzir a níveis toleráveis o ataque do borrachudo no município de Coxilha.

Em caso de dúvidas ligar: 54- 3379-1246 - Emater ou 54 3379-2539 - Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente.





Compartilhar: FACEBOOK | TWITTER